Buscando a verdade: Vereadores da oposição e advogados se reúnem com presidente do Tribunal de contas dos municípios da Bahia. Vem bomba aí

Os vereadores Lescepis Rocha (PTB), Cosme Pereira (PP), Roni da Pescan (PROS) e Cleonildo Tibúrcio (PROS), acompanhados dos Advogados: Thiago Bianchi, Jair Bianchi e João Otávio publicaram em suas redes sociais fotos da audiência que tiveram no gabinete da presidência do Tribuna de contas, com a finalidade de esclarecer a verdade sobre o paradeiro das contas rejeitadas, exercício de 2018, do Prefeito de Canavieiras, Clóvis Almeida (PROS), que teriam sido sequestradas pelo poder executivo, mesmo a correspondência tendo sido enviada ao Presidente da Câmara Municipal.

Segundo postagem dos membros do legislativo, durante a estadia com o presidente do TCM, ficou confirmado que o ofício comunicando a câmara sobre a disponibilidade das contas para apreciação da casa de leis foi realmente enviado no mês de julho de 2021, tendo como destinatário o senhor Clery Costa (PROS), Fiel escudeiro do Bolo Doido (autointitulado) e atualmente presidente do legislativo.

A informação do TCM-BA mais uma vez desmente as declarações de Clery que insiste em dizer não ter recebido em nenhum momento nenhum comunicado sobre o envio da referida conta reprovada para a câmara municipal.

Recentemente o fiel escudeiro fez vídeo na porta do TCM-BA, mas em nenhum momento mostrou qualquer documento protocolado por ele ou expedido pelo Tribunal que confirmasse sua versão dos fatos.

Apurando a gravidade dos fatos e com o objetivo de expor as novas evidências, os edis protocolaram alguns requerimentos e se reuniram com os advogados presentes na audiência para tomarem as medidas jurídicas cabíveis o mais rápido possível.

Vale lembrar que supressão e/ou ocultação de documento público é crime passível de 1 a 5 anos de reclusão.

Compartilhe