Câmara oficializa União Brasil e Deputado Elmar Nascimento (BA) é o primeiro líder do partido na Câmara dos Deputados.

A Câmara dos Deputados formalizou no dia 23 de fevereiro deste ano,  o reconhecimento do União Brasil, partido criado a partir da fusão do PSL com o DEM. A nova sigla é a maior da Casa, com 81 deputados, seguida do PT, com 53. O deputado Elmar Nascimento (BA) será o líder da legenda na Câmara.

A função de líder de partido político acumula atribuições importantes no processo legislativo e na articulação política. Orientar sua bancada durante votação em Plenário, indicar membros do partido que irão integrar as comissões, além de participar do Colégio de Líderes – órgão que, entre outras atribuições, define a pauta de votações do Plenário. Elmar Nascimento, originário do DEM, vai assumir a liderança do União Brasil durante todo ano de 2022.

Assumem como vice-líderes os deputados: Alexandre Leite, Arthur Oliveira Maia, Bozzella, General Peternelli, Hélio Leite, Juscelino Filho, Leur Lomanto, e Paulo Azi.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) já havia aprovado, por unanimidade, a criação do União Brasil em 8 de fevereiro do corrente ano. A nova legenda terá o número de urna 44.

A expectativa é que os números das bancadas mudem após o fim da janela partidária, que termina em  1º de abril. No período, parlamentares podem trocar de sigla sem sofrer punições ou perder o mandato vigente. Deputados aliados de Bolsonaro advindos do PSL, como Eduardo Bolsonaro (SP), Bia Kicis (DF), Carla Zambelli (SP) e Major Vítor Hugo (GO), têm a saída dada como certa rumo ao PL, preferencialmente. Ainda assim, o União Brasil deve continuar com uma das maiores bancadas na Câmara. No Senado, o União Brasil fica com sete senadores.

Compartilhe