Cultura: Oslan Costa Ribeiro lança livro sobre Canavieiras.

É o título do primeiro livro autoral do historiador canavieirense Oslan Costa Ribeiro, atualmente mestrando em História pela Universidade Federal de Campina Grande, lançado em outubro passado, pela Editus – Editora da UESC. O livro é fruto de 20 anos de pesquisa, apresentado no trabalho de conclusão de curso de licenciatura em História na UESC, com ajuda de financiamento público através do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica da UESC/ CNPq, mais a pesquisa da Especialização em História do Brasil, cursado também na UESC. Ambos trabalhos orientados pela Prof.ª Dra. Janete Ruiz de Macêdo, Titular plena da Universidade Estadual de Santa Cruz.

O livro conta com a apresentação do Profº Dr. André Rosa Ribeiro (DFCH/UESC), ex-coordenador do Centro de Documentação e Memória Regional (CEDOC/UESC), e com o prefácio da Doutora Janete Ruiz de Macêdo, que em seus textos, apresentam a obra, o percurso de pesquisa do autor, e as fontes utilizadas. Segundo a Doutora Janete, o livro está organizado em quatro capítulos. No primeiro, o leitor entrará em contato com a hagiografia do Doutor Seráfico São Boaventura, padroeiro de Canavieiras, também sobre o seu importante perfil de filósofo e teólogo e sobre o mito fundante do achado de sua imagem que deu origem a essa devoção. Acompanhará a formação e criação da freguesia do Poxim e suas transformações no período colonial, seu cotidiano e os conflitos da freguesia e da Vila de Canavieiras no Brasil Império à luz da conexão perpassada pelo poder eclesiástico no Brasil.

Na sequência, no capítulo II, ambientado no período republicano, apresenta-se os padres, a Igreja e a cidade de Canavieiras, dentro do intenso processo de transformações administrativas e urbanas e conflitos eclesiásticos. O capítulo intitulado “Mais Transformações” contempla o caso da antiga e da nova igreja matriz de São Boaventura em Canavieiras. O drama em torno do péssimo estado de conservação da velha matriz que se agravava perante o comodismo dos fiéis católicos, aliado ao jogo de interesses da elite local e a aflição dos padres perante o problema, corroborados pelos testemunhos daqueles que vivenciaram o fato, completam a composição.

Em “Conflitos e Festas”, no último capítulo, temos uma breve apresentação das formas de escolha e adoção de padroeiros, levando-nos às festividades em sua honra. As disputas e os modos de se festejar na igreja matriz de São Boaventura e de Jesus, Maria e José e do mártir São Sebastião, na chamada Capelinha, são descritos tendo como pano de fundo a sociedade local, conflitos sociais do povo com os padres em relação à “moralização” imposta pela Igreja em festas de largo – e que nunca se efetivaram de fato, causando constrangimento e desgaste entre as partes envolvidas.

Capa do livro de Oslan Costa Ribeiro

O livro está sendo comercializado pelo link da livraria da Editus:   http://livrariaeditus.uesc.br/produto/648/religiao-transformacao-conflitos-e-festas–a-historia-da-freguesia-de-sao-boaventura-do-poxim-de-canavieiras-bahia, pelo valor de R$ 32,00, com frete grátis, ou diretamente com o autor pelo e-mail: [email protected], neste caso, com o custo de envio pelos Correios.

Compartilhe