Mentiroso? Documentos desmentem áudio do Prefeito…E agora? Quem está dentro da Lei? (Veja os documentos)

Circula nas redes sociais um vídeo onde aparece uma construção do que seria um quiosque no meio da praça 25 de Maio, próximo a Prefeitura de Canavieiras. A gravação gerou opiniões controversas sendo motivo de uma grande repercussão pelas mídias virtuais. (Confira o vídeo)

Vídeo que circulou a rede

Após receber várias críticas pela obra, pois a mesma, segundo, vários moradores descaracterizaria a praça, o prefeito da cidade, Clóvis Almeida (PROS), enviou um áudio a uma correligionária informando que o autor da construção estava confundindo amizade com libertinagem e que já tinha mandado os secretários Abel Lisboa (Administração) e Paulo Camargo (Obras) notificarem e abrirem multa contra o responsável, sob pena de processo criminal, pois o mesmo não teria formalizado pedido e nem possuía planta ou autorização para os devidos fins. Confira o Áudio

Áudio do prefeito a sua correligionária

Em resposta ao áudio do Gestor municipal foi exposto nas redes sociais um documento, assinado pelo Secretário de obras, Paulo Camargo, em dezembro de 2020, autorizando e orientando a confecção do referido quiosque na praça pública, além da planta do imóvel. Confira os documentos:

Diante da argumentação do mandatário da cidade e da documentação que diz o contrário, o médico e chefe do executivo municipal ficou em uma saia justa e diferente do que ele diz, talvez seja ele agora o alvo de um processo judicial pelo uso de palavras ofensivas contra um comerciante que, ao que parece, vinha seguindo os trâmites impostos pelo subordinado do prefeito.

Compartilhe