Números da enchente: Prefeito de Canavieiras é ruim de conta? (Veja o vídeo)

O prefeito de Canavieiras, Clóvis Almeida (PROS), ao que tudo indica, não é muito bom de matemática. Conhecido por contas mirabolantes na quantidade de turistas que costumam visitar a cidade em eventos, bem como no dinheiro circulado no munícipio durante o período, Almeida agora soltou mais pérola. Em sua entrevista ao programa Balanço Geral da TV Cabrália, ao ser questionado sobre a quantidade de famílias atingidas direta e indiretamente pela enchente do Rio Pardo em Canavieiras, respondeu sem titubear: “Em torno de 10 mil pessoas”, no dia seguinte ao fazer um vídeo com seu secretário de Bem-Estar Social, Pastor Riso, o gestor fez a mesma pergunta para seu subordinado que prontamente lhe disse: “Em torno de 3 mil pessoas”.

Sabendo que o Ministério do Desenvolvimento Regional Liberou R$ 1.384.012,38 (Um milhão trezentos e oitenta e quatro mil, doze reais e trinta e oito centavos) para financiar ações de enfrentamento aos danos causados pelas enchentes e que para aplicação desse montante é necessário apresentar um plano de recuperação de desastres, a população quer saber: Na prestação de contas dos gastos desses recursos qual informação estará contida: 3 mil ou 10 mil pessoas?

Por essas confusões que a população precisa ter acesso imediato ao plano elaborado pelo prefeito Clóvis Almeida e sua equipe, para assim poder acompanhar e fiscalizar a aplicação desta verba pública e então conferir o andamento das atividades. Como o painel da transparência (que ficava no cruzamento principal da rua 13) segue a mais de 1 ano sem funcionar o CanavieirasNews sugere ao gestor que divulgue em documentos oficiais o destino do dinheiro recebido em momento tão difícil.

Compartilhe