Prefeito de Canavieiras se diz famoso por suposto caso de homofobia.

Após declarações interpretadas como homofóbicas, o Prefeito de Canavieiras voltou a se manifestar sobre o assunto na Live promovida com os artistas da cidade em homenagem ao Padroeiro Local.

Durante apresentação das atrações, o gestor chama a estrela musical da região Sinho Ferrari, e começa a falar sobre o ocorrido, Almeida então diz: “Você acredita que eu to famoso, muito famoso, nós fazemos uma live toda quarta feira, e essa quarta-feira teve uma pergunta: “Prefeito que você vai fazer na praça da Matriz?” Aí eu disse: uma praça luminosa, aí aquela brincadeira interna, tá de rosa hoje? Só não pode botar a cor rosa, nem arco-íris….Você acredita que eu saí em rádio Metro, fui chamado de homofóbico….Sinho Ferrari, eu sou homofóbico?” Sinho então responde: “Como que é, o homem coloca um “viado” pra tocar todo ano?”…no decorrer da live Almeida diz que em seu governo ajudou e patrocinou a parada gay todos os anos… O cantor finaliza dizendo: “Na verdade que todo mundo ta muito cheio de muita coisa, acha que tudo que fala é, eu não ligo pra nada na verdade né, mas as pessoas precisam saber quando é quando não é, a gente sabe o coração do homem como é, né? Né atoa que tô aqui a mais de 8 anos tocando direto, tu acha que ele ia colocar um veado pra cantar?” finalizam rindo os dois e Almeida emenda: “esse aqui é o cara”.(confira o vídeo )

Trecho do discurso na Live

Ao usar o termo “famoso” por ter uma abordagem considerada homofóbica, parece que o prefeito debocha do risco e da gravidade do suposto crime de preconceito cometido por ele. Fica entendido que o gestor traçou uma conduta de defesa para desmerecer a denúncia e em nenhum momento demonstrou arrependimento ou sequer fez um pedido formal de desculpa para as inúmeras pessoas que diferente do cantor se sentiram ofendidas. Já o músico Sinho é um artista de reconhecimento regional, consagrado na cidade, com inúmeros fãs e admiradores. E como ele mesmo disse: “toca em Canavieiras a mais de 8 anos seguidos”, ou seja, desde antes da administração de Dr. Almeida que tem apenas 4 anos e meio. Deste modo tocar na Princesinha do Sul não é fruto da vontade do prefeito, mas sim do apelo popular que o artista representa, muito antes até da gestão atual. Grande Homens públicos quando se expressam de maneira equivocada ou se acham mal interpretados procuram esclarecer os fatos e tentam se redimir repensando o que disse e se desculpando com os atingidos, lamentavelmente não foi o caso do prefeito de Canavieiras que parece desconhecer o peso de suas palavras proferidas enquanto autoridade máxima da cidade.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.