Que faaase!!! Sem prestígio político e com a ficha suja, prefeito de Canavieiras perde partido para vereador de oposição.

Parece que o prefeito de Canavieiras, Clóvis Almeida (PROS), não atravessa seus melhores dias e vem colhendo os frutos do comportamento destemperado que costuma ostentar em sua polêmica e tenebrosa carreira política.

Recentemente tornou-se ficha suja após a câmara municipal optar pela confirmação da rejeição das contas de 2018, seguindo o parecer técnico dos desembargadores do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Antes disso foi alvo da Polícia Federal, bem como do Ministério Público que investigam a existência de um suposto esquema de favorecimento ilícito a fornecedores do governo em troca de vantagens econômicas para sua campanha de reeleição, ou seja, o famoso caixa 2. Além disso, teve exposta as situações caóticas que se encontram as condições físicas de parte dos colégios municipais, bem como a postura fora da lei que vem adotando para o não pagamento do aumento do piso salarial dos servidores da educação, estipulado pelo governo federal.

Agora mais uma derrota bateu na porta do bolo doido (autointitulado). Desprestigiado politicamente nas esferas federais e estaduais, perdeu o controle e a direção do partido pelo qual se reelegeu (PROS), justamente para o vereador Roni da Pescan (PROS), opositor atuante no combate aos desmandos do gestor. Confira novo diretório:

Jovem na política, Roni deu um nó tático no bicho solto (autoproclamado) mostrando-se bem articulado ao conseguir desbancar o reinado de Almeida no partido e assumir por completo o controle do PROS. O Legislador agora irá comandar as diretrizes da sigla.

Compartilhe